Início > O Esporte na Mídia > Boatos e suas repercussões

Boatos e suas repercussões

Estava sentado em minha cadeira, durante o horário de serviço, quando meu irmão (sim, trabalhamos juntos) olha para mim e diz: “Tô vendo aqui que o Alonso vai pra Ferrari”. Virei minha cadeira e olhei para ele, com uma expressão de sarcasmo, e rebati: “Nem precisa me dizer… deve ser notícia do AS”. Dito e feito – a notícia era mesmo do jornal espanhol.

Fernando Alonso na Scuderia Ferrari?

Fernando Alonso na Scuderia Ferrari?

Não faz muito tempo desde que comecei a acompanhar a Fórmula 1 diariamente – apenas em setembro do ano passado eu consegui acesso em alta velocidade à internet (talvez, por essa pouca experiência, eu me encontro falando besterias em blogs e sendo corrigido constantemente). Desde então, venho acompanhando diariamente sites e blogs sobre o assunto, mas como todo leigo, comecei lendo portais de empresas não especializadas no assunto, e, conforme explorava mais a world wide web, fui descobrindo sites mais confiáveis. No fim, acabei deixando minhas antigas fontes de informação para trás.

Naquela época, eram quase diários os boatos do AS relatando a transferência de Alonso para os carros escarlates. O caso mais cômico deles foi a ‘republicação’ do boato (sim, pois esses boatos são tão iguais que parecem apenas uma cópia) logo após o anúncio da renovação do contrato de Kimi e Massa até o fim de 2010! O engraçado é que essas notícias só repercutiam em sites não especializados em Fórmula 1 (não querendo ‘dar nome aos bois’, mas o Terra ou o Globo Esporte, por exemplo), enquanto nossas ‘leituras diárias’, como o Autosport, por exemplo, nem cita tais notícias. Dessa vez não foi diferente – meu irmão estava vendo o site ClicRBS, a filial gaúcha da Rede Globo. Apressei-me para checar a notícia em um site confiável e acabei achando nada.

Não é preciso ser jornalista para perceber que essa história de Alonso na Ferrari é pura pressão da imprensa espanhola, alimentada pelos maus resultados de Kimi ano passado. Somado a isso está o suposto apreço da tifosi pelo espanhol, a apatia pelo jeitão frio e inexpressivo do finlândes e o patrocínio do Banco Santander à Ferrari. Mas mesmo que haja fatores a favor de Alonso na Ferrari, não passa de um boato veiculado pela imprensa espanhola, que, exatamente por ser espanhola, já dá motivos para desconfiar da veracidade das informações.

Não quero me prolongar nisso, pois é um assunto que me irrita. Ao invés da imprensa brasileira se focar em explicar aspectos técnicos do esporte (poderia me delongar aqui, mas esse assunto é tão grande que merece um post próprio) ou políticos, eles preferem alimentar especulações com mais teorias do que fundamentos.

O esporte já tem pouco espaço na nossa ‘mainstream media’, e eles ainda o disperdiçam dessa forma.

Coisas do páis do futebol…

Guilherme

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: