Início > Especulações > Procurando por Empregados

Procurando por Empregados

O post foi originalmente escrito em 25/06/2009, no Grand Prix in Brazil

Agora que há pelo menos seis novos assentos disponíveis para 2010, as pessoas vão começar a pensar em quem serão os novos pilotos para a próxima temporada. Keith Collantine, autor do F1 Fanatic, aponta dez possíveis nomes para os trabalhos, enquanto Clive Allen da sua opinião em seu site. Mas, ao invés de nomear os pilotos para a próxima temporada, eu vou falar sobre os pilotos dos times atuais…

Takuma Sato pilotando pela Toro Rosso durante a pré-temporada

Takuma Sato pilotando pela Toro Rosso durante a pré-temporada

McLaren

Esta é provavelmente a última para Heikki Kovalainen. Talvez eu esteja levando as coisas para o lado pessoal, mas eu nunca vi o Kovalainen fazer alguma coisa que o faça merecer sentar em uma das Flechas de Prata. Inúmeras vezes Kovalainen nos mostrou que, mesmo com um bom carro, ele não consegue ser competitivo. Todos nós sabemos que o MP4-24 não o ajuda a nos mostrar seu potencial, mas mesmo quando ele estava pilotando o MP4-23 (um foguete, diga-se de passagem), ele fez pouco para merecer uma vaga no time para este ano. Os créditos para sua única vitória – o GP da Hungria do ano passado – vão para um motor Ferrari 056 quebrado. Do meu ponto de vista, Ron Dennis não queria nenhum piloto que pudesse brigar (nas pistas, óbvio) contra Hamilton dentro de sua própria garagem, assim estendendo o contrato de Kova por mais um ano. Mas, realmente, era necessário um piloto tão lento?

Renault

Provavelmente a última temporada para Nelson Ângelo Piquet Jr. também. Nós todos sabemos que é muito difícil ter um companheiro de equipe como Fernando Alonso, mas Piquetzinho andou abaixo dos limites do carro varias vezes e também fez alguns erros infantis (alguém aí se lembra de Cingapura?). Também acho inaceitável, para um piloto que corre no ápice do automobilismo mundial, dar desculpas do tipo “eu não conhecia muito bem a pista” ou um simples (e famoso) “sorry guys”. Um time como a Renault deveria procurar um piloto mais completo, não um guri carregado de patrocinadores com um nome tri-campeão mundial. Também sei que Piquet não é culpado sozinho na história. Se ele tivesse ficado mais tempo na GP2, talvez ele teria uma vida mais fácil na Fórmula 1. Agora já é tarde – seu nome já está manchado. Quem herdaria sua vaga? Romain Grosjean, na minha opinião.

Williams

Se eu acho que o Kovalainen vai sair da McLaren, quem vai substituí-lo? Bem, eu acho que o pessoal de Woking deveria olhar atentamente para a garagem da Williams. Nico Rosberg tem uma boa chance de dirigir o mesmo carro que Lewis Hamilton no próximo ano, se Heikki sair. Não sou um grande fã de Rosberg (eu odeio nepotismo na Fórmula 1. Por isso não gosto do Piquet, além do fato de eu achar ele ser ruim mesmo), mas eu reconheço que ele é um bom piloto e ele está, certamente, a procura de um time melhor que a Williams. Se a McLaren produziu um carro desastroso esse ano, espere para ver eles brigando com os grandes no próximo ano, e eu tenho certeza que Rosberg sabe que a McLaren estará viva de novo ano que vem… Seu sucessor mais óbvio é Nicolas Hülkenberg, mas, quem sabe…?

Já Kazuki Nakajima está numa posição confortável – enquanto a Toyota continuar fornecendo motores para a Williams. Eu tenho a mesma opinião que Clive Allen sobre o japonês e as estratégias do seu time: se ele pudesse largar mais leve (mas não tão leve quanto em Silverstone!), ele poderia brigar por sexto ou sétimo. Quem ele deveria temer? Kamui Kobayashi – outro piloto da Toyota

Toro Rosso

Não importa quantos títulos da Champ Car você ganhe, a Fórmula 1 é um mundo totalmente diferente. Não, essa mensagem não é para Sebastien Bourdais – é para Franz Tost. Se eu fosse ele, teria contratado Lucas di Grassi ou até mesmo Takuma Sato ao invés do francês. Nós todos sabemos que o cara é rápido, mas não na Fórmula 1. Ano passado, enquanto Vettel marcou 35 pontos (e uma vitória), Bourdais marcou 4, e sua posição mais alta ao final de uma corrida foi sétimo lugar. Desculpe ‘Sea Bass’, você deveria voltar para os Estados Unidos. Talvez você tenha mais sorte na NASCAR.

Quem herdaria o assento? Difícil dizer, pra falar a verdade. Como eu disse ali encima, eu ficaria com Lucas di Grassi ou até mesmo o Takuma

Force India

Fisico deve deixar o time de Vijay Mallya ao término deste ano. Talvez ele se aposente, mas ele ainda tem um resto de esperança nos novos times ano que vem, o que é uma vergonha – um piloto que subiu ao alto do pódio três vezes terminando sua carreira na Force India é deprimente. Se ele terminar na Campos, US F1 ou Manor, será ainda mais deprimente. Luizzi deve ser promovido a piloto titular.

Isso é o que eu acho sobre a troca de pilotos para o próximo ano, considerando os times existentes. Vamos ver o quanto disso se tornará verdade ano que vem.

Guilherme

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: